Portfólio de Conteúdo

A internacionalização das tendências e o Mercado brasileiro.

Ao longo anos desde a década de 90, percebemos um forte movimento de

marcas estrangeiras que se interessam no mercado brasileiro. Consequentemente,

quem já era do ramo no país passou a se preocupar mais ainda com as pesquisas

de tendência para desenvolvimento de produto a fim de competir com esse

mercado novo em expansão. Primeiro com a chegada da fast fashion C&A, depois

com um produto mais premium da espanhola Zara, e atualmente com as modernas

Top Shop e Forever 21.

Uma das grandes preocupações dos diretores criativos é a demanda de

mercado baseado em tendências globais versus a necessidade real do público

brasileiro no design de suas peças. Como fazer uma it peça de desejo num país

tropical, que possui clima diferente e uma identidade nacional tão forte?

Cada vez mais o público vê valor nos produtos externos por suas

características de exclusividade e valor agregado importado. Para competir com

tamanha concorrência, pesquisas de comportamento de público e aceitação de

tendências são cada vez mais uma grande fonte de investimento das marcas. É

imprescindível manter a linha de criação dentro dos valores da marca, e além de

acompanhar as tendências lá de fora, priorizar a adaptação dessas tendências-

desejo para seu público. O mercado brasileiro já sofreu bastante tentativas por

parte das marcas para aderir certas modelagens ou cartelas de cores que não

cabiam ao país. Quem não se lembra da famigerada cor “roxa” que foi hit no

mundo, e apenas teve aderência no Brasil após 2 anos, mas também permaneceu

por tempo demais em diversas vitrines após a produção não planejada dos

materiais relacionados?

É preciso dosar também, toda tendência usada em excesso satura e passa

a ser um fator crítico na imagem da marca. Uma marca que sabe cativar seus

clientes tanto em sua comunicação como sua coerência em criação, tem uma

fórmula de sucesso de valor. Esse valor agregado nos produtos vem também do

cuidado da criação em atender as necessidades desse público, porém de um jeito

único e cativante. Esse é o segredo da fidelização dos clientes, saber trabalhar o

que é novo, e como isso cabe ao seu público, juntamente com a divulgação e o

desenvolvimento. Não adianta tentar vender uma coleção que seu público não

conheça, ou tentar o fazer conhecer e consumir algo com o qual não se identifica.

Para quem está interessado em se aventurar nessa fatia formadora de

opinião do mercado, o recomendado é acima de tudo entender seu público e suas

necessidades. Uma empresa que sabe trazer o “melhor dos dois mundos” para

sua clientela tem um maior valor agregado de marca do que as que simplesmente

ficam apenas em transpor essas novas tendências sendo avant-garde.

Advertisements

One thought on “A internacionalização das tendências e o Mercado brasileiro.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s