Life

Por que falar?

Esses dias uma matéria saiu que pessoas que falam muito por texto são mais infelizes (algo assim, tipo as matérias sobre tudo o que é cancerígeno nos dias de hoje). E eu me peguei desesperada em determinado momento do dia em que nenhuma amiga estava online, nenhum reply no twitter, nada no facebook.

Por que a gente tem essa necessidade de falar com alguém o tempo todo?
Basicamente, a matéria que li dizia que nos dias atuais todo mundo se conversa sobre banalidades e ninguém aprofunda nenhum assunto.

E eu me vi ali sozinha implorando por um “oi, e aí?” secretamente.

Yep

Mas como é que fica né? 990 amigos no Facebook mas ninguém se importa? Por que essa necessidade de contar tudo a todo mundo toda hora?
Eu mal me lembro da vida sem sistemas de mensagem instantânea. Sem MSN, ICQ, GTalk, etc. Lembro de ligar para amigas e passar horas ao telefone, mandar sms só abreviado pra contar algum spoiler, porque os babado mesmo a gente contava ao vivo ou no máximo numa ligação.

Miga cê não sabe quem me olhou hoje no corredor da sala de química!

O que aconteceu com os casais que se ligavam e juravam fofices, ou quando você tinha saudade e encontrava alguém? Hoje tudo é mais superficial. Não se marca uma cerveja pra rever os amigos, tem um grupo do whatsapp. Não liga para saber como está, manda um inbox.

Então por que a necessidade de falar tudo para todo mundo?
Acho que o nosso reconhecimento virou por quantidade e não qualidade. Lembro de ter muitos desabafos em diários, mas ninguém lia. Hoje o textão é moda, é viral. Todo mundo com o complexo de ser o mais pop do colégio. Precisa ter mais like, mais share, mais fav, mais pop, mais hype. Lembra quando a garota mais popular elogiava algo e todo mundo mudava a opinião sobre? É isso.

100 likes na minha foto, sou linda MESMO!

Tem gente que diz “mas você tem X amigos em rede social”, isso não quer dizer parceria. Hoje os desabafos viram textão no facebook que dali um dia ninguém mais lembra.

E daí a gente entra naquela neura da ausência de resposta, de onde infernos sua melhor amiga se meteu quando você quis contar que se apaixonou por exatos 7 segundos no metrô agora mesmo. A gente anda precisando de muita validação externa para se sentir bem. Parece que seu causo é muito mais válido quando tem curtidas e compartilhadas. Acho que a gente esqueceu como vive – e como se fala de verdade.

Screen Shot 2016-01-28 at 11.29.31 PM
Tô vivendo, Marcos, eu to vivendo.

Fale a quem importa, não espere, não tenha receio do que o outro acha. Fala o que precisa primeiro, depois a gente resolve. Esse ano eu resolvi falar, sem medo de validar.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s